cabelos brancos
David Xavier dá truques e dicas para os assumir com estilo

Nacional

David Xavier, cabeleireiro do Atelier Chiado Hair Salon e cronista da VIP e da Nova Gente ensina truques para se adaptar aos cabelos grisalhos e indica os melhores produtos!

Sáb, 27/02/2021 - 22:00

No mundo do espetáculo, temos assistido a um fenómeno: muitas atrizes têm deixado aparecer as chamadas ‘brancas’ e têm permanecido com elas. Muitas devido aos confinamentos, outras por opção.

Ao assumir os cabelos brancos, muitas mulheres são ‘acusadas socialmente’ de desleixadas, mas isso não é necessariamente verdade. Na minha opinião, uma mulher de cabelo grisalho pode ser vaidosa, elegante e demostrar ainda o seu poder.

Neste sentido, David Xavier seleciona os melhores produtos para usar neste processo de transição, dos benefícios de uma boa hidratação e de uma excelente nutrição dos fios de cabelo e aconselha alguns cortes e cores que vão valorizar esta nova fase da sua vida.

Dicas para mulheres ousadas e mulheres mais conservadoras

"A minha primeira dica vai para as mulheres mais ousadas. É sobretudo para aquelas que não têm medo de cortar o cabelo curto. Cortando o cabelo curto, e deixando depois crescer entre os quatro e os seis meses, o comprimento do fio fica aproximadamente com mais seis centímetros, o que faz com que o mesmo fique com um tom mais uniforme.

Mesmo assim, aconselho a fazer um tonalizante frio para diminuir o contraste entre os crescimentos e o resto do fio de cabelo. Na minha opinião, pode usar tonalizante tanto no momento da transição (momento em que decide deixar de pintar e faz um corte radical) como também no pós transição (quando o cabelo adquire tons e o corte fica sem forma). Esta técnica permite personalizar os fios de cabelo branco e grisalho que, na altura em que pintava, eram matizados com tons frios cinza, azul ou violeta, podendo evidenciar um ar mais pesado do que realmente tem.

No atual panorama de tendências de cabelo, é permitido ‘jogar’ com madeixas quentes (de cobres e dourados) e até mesmo tons considerados mais criativos, como é o caso do rose. Para mim, a melhor opção, neste caso, é que se utilize uma base louro claro, louro muito claro ou louro claríssimo da linha Evolution da Alfaparf Milano para não escurecer o branco completamente", explica.

A minha segunda dica vai para as mulheres com mais receio em assumir os brancos, e tenham também medo em fazer cortes radicais como o pixie, é tonalizar os crescimentos com uma base natural louro claro ou louro muito claro da linha Evolution da Alfaparf Milano."

A importância de apostar na hidratação, na nutrição e na reparação

"Outra dica é a importância da hidratação. Por norma, os cabelos brancos tendem a ter um aspeto mais opaco. Neste caso, aconselho uma hidratação intensa. Como os cabelos grisalhos e brancos são mais porosos do que os outros tipos de cabelo, isso pode significar um aumento dos caracóis ou até mesmo o surgimento deles em cabelos normalmente lisos.

Para combater este último aspeto, aconselho a que faça um itinerário de beleza:

1) Hidratação é essencial a todo o tipo de cabelos e é feita através de máscaras. Em quase todos os casos, o meio e as pontas dos fios têm tendência a ficar mais ressequidos. A hidratação, com recurso a máscaras, devolve assim água aos fios de cabelo, deixando-os macios, flexíveis, com movimento e também com um ar bonito e saudável. Na minha opinião, a melhor máscara é da Alfaparf Milano Semi di Lino Diamond Illuminating, que restaura a energia perdida do cabelo, garante um brilho deslumbrante e proporciona ao cabelo a suavidade sedosa sem sobrecarregá-lo.

Este procedimento deve ser feito uma vez por semana e deve demorar a meia hora. Para aplicar, basta espalhar homogeneamente a máscara hidrante pelo cabelo todo.

2) A nutrição é quase um exclusivo para quem tem cabelos muito frisados, armados, com excesso de volume ou ressequidos por processos químicos anteriores à decisão de deixar crescer os brancos. Este tipo de cabelo é facilmente identificado através de uma análise dos fios pelo toque (normalmente áspero) e também aparência (normalmente baça). Na verdade, a nutrição não é mais do que a reposição dos óleos essenciais aos fios e que deveriam existir naturalmente no cabelo. A nutrição serve também para manter a água dentro dos fios de cabelo. Cabe-me ressalvar uma questão, que muitas vezes me colocam em contexto de salão – a nutrição não é incompatível com a hidratação. Ora vejamos: como a água e o óleo não se misturam, a água, que é o principal componente das máscaras de hidratação, permanece no interior dos fios de cabelo e o óleo, ou seja, a nutrição, estabiliza-se à volta do fio. Desta maneira, o óleo impede que a água saia e que os fios fiquem desidratados. Por isso mesmo, caso o seu cabelo necessite de ser nutrido, aconselho que o faça depois de uma hidratação adequada à classificação do seu cabelo. Este procedimento deve ser feito de quinze em quinze dias e deve demorar meia hora e basta espalhar homogeneamente o óleo nutritivo pelo cabelo todo e deixar secar ou natural ou com o secador a temperaturas baixas. Na minha opinião, o spray capilar Alfaparf Milano Semi di Lino Sublime Cristalli que para além de nutrir, através do extrato de semente de linho, proporciona brilho absoluto ao cabelo e alisa a superfície da fibra capilar

3) A reparação (também chamada de recuperação) deve ser feita nos fios de cabelo que passaram por processos químicos fortes (alisamentos, colorações ou ondulações), e que deixaram os cabelos sensíveis, elásticos ou quebradiços. Na verdade, a reparação não é mais do que um tratamento cuja finalidade é devolver estrutura ao cabelo, e interromper o processo de deterioração do mesmo. Porém, deve tomar-se especial atenção ao uso destes produtos isto porque, a utilização em excesso de alguns dos componentes sugeridos, como a queratina, pode deixar os fios demasiado duros, levando ao estado que estamos a tentar combater, isto é, à quebra dos fios. Quase que apetece dizer que se não morre da doença, morre-se da cura. No caso de ter este tipo de cabelo, o mais indicado é aplicar este tipo de produto em salão junto de um profissional e adquirir uma máscara reconstrutora como manutenção em casa.

O processo de recuperação de cabelos muito danificados é, normalmente, bastante demorado, mas é possível ver-se melhorias na primeira aplicação.

A reparação deve ser intercalada com a hidratação, caso os danos dos seus fios sejam moderados a graves, ou seja, faça o ‘tratamento’ uma vez por semana em casa. Faça de quinze em quinze dias, caso os danos capilares sejam leves. Este procedimento deve demorar meia hora e basta espalhar homogeneamente o produto restaurador pelo cabelo todo.

Na minha opinião, o melhor produto para uso em casa é a máscara desintoxicante Alfaparf Milano Semi di Lino Sublime que remove suavemente as impurezas da fibra capilar e do couro cabeludo, restaura a fibra capilar, protege a fibra capilar de influências externas e prepara o cabelo para cuidados seguintes.

Quanto ao tratamento em salão, procuro um profissional que a linha técnica da Alfaparf Milano."

O corte ideal para quem tem cabelos brancos

"Para quem está decidida a assumir os cabelos brancos, considero que deve evitar os cortes abaixo do ombro. Na minha opinião, os bobs médios e os cortes pixie, já que dão tanto um ar clássico mas atual, como também, na última sugestão, um ar mais moderno."

Texto: David Xavier, Fotos: DR e Pexeles

Siga a Revista VIP no Instagram